Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Cortina

12.08.20, Alice Alfazema

cortina.jpg

 

Ilustração  Corinna Button

 

No outro dia passei a manhã a remendar uns cortinados, primeiro cosi à toa, o tecido já é velho e parecia-me não merecer melhor, depois não gostei do que vi e desmanchei, voltei a costurar, mas com maior cuidado, a ver se aquilo dura mais um ano. Até que não ficou mau. Levou depois com o ferro em cima para assentar melhor. 

 

As cortinas escondem-nos, nas cortinas escondemo-nos. Umas vezes os remendos estão por fora, noutras estarão por dentro. Com esforço uns ficam bem feitos. Outros aguentarão apenas breves meses. O remendo pode ser uma obstrução à realidade, ou pode ser a melhor versão dela. 

 

5 comentários

Comentar post