Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - Sejam bem-vindos à época escolar 2017/2018

23.08.17, Alice Alfazema

Eu sei que ainda é Agosto, mas a lista com as turmas já estão afixadas nos vidros do polivalente da escola. É uma alegria ver os miúdos novinhos vindos da escola primária chegarem com um sorriso estampado na cara minúscula quando percebem a dimensão da escola, quando reparam nas árvores grandes e no imenso espaço onde podem correr e perder-se na brincadeira.

 

Alguns chegam envergonhados, outros já afoitos, outros a medo. Descobrem que há um bar, uma papelaria, um espaço de sala de convívio com mesas grandes e redondas, biblioteca, posto médico, PBX, telefone, tanta coisa, muitos quadros com desenhos feitos por outros miúdos, tudo em grande, grandes vidros, grandes portas, muitas portas com números, muitas salas de aula. Um outro mundo, que agora será também o deles. Os pais com medo, fazem muitas perguntas, e dão as respostas:

 

- Isto é tão grande...

- Tenho medo que ele não saiba onde ficam as salas...

 

Os putos ali ao lado deles exploram o espaço que podem explorar, mas sei que imaginam mil e uma maneira de dar a volta àquele novo mundo. Tão grande...e aonde, ainda não sabem, vai ser este o lugar onde se vão transformar, onde o seu corpo vai crescer e mudar, onde vão fazer novos amigos, onde vão brigar por tudo e por nada, onde se vão apaixonar perdidamente e descobrir que podem sentir borboletas na barriga.

 

Um pequeno exemplar masculino, vem ver a escola e saber qual a sua turma, trás vestido uns calções pelo joelho e um polo azul com uns óculos a condizer, magriço, olha para o jardim, onde existem àrvores, arbustos, relva e flores, e exclama com alegria:

- Ena pá que grande plantação!

 

 

 

Alice Alfazema

3 comentários

Comentar post