Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - Saudades

21.05.19, Alice Alfazema

Saio do autocarro e subo a ladeira para ir trabalhar, é manhã cedinho, há um fresco bom no ar, é como se as Árvores  me cumprimentassem ainda cheias de orvalho, duas rolas estão no fio da electricidade, às vezes voam até ao topo das árvores. Olham-me. Há um canto de pássaros que paira no ar. Carrego a minha mala ao ombro, está pesada, na mão levo a minha lancheira colorida com o almoço. Pressinto passos apressados atrás de mim, é como se eu conhecesse os passos e as vozes mesmo sem ser necessário ver, um conhecimento que não sei explicar.

 

- Olá Contina! Bom-dia!

- Bom-dia!

- Sabe de uma coisa? O meu pai sai hoje em precária.

- Que bom! Já tinhas saudades dele?

- Sim.

 

Continuámos os dois a subir aquela ladeira sem darmos conta do peso da vida, apenas daquilo que é importante. 

 

6 comentários

Comentar post