Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - Mª Albertina

02.05.18, Alice Alfazema

(uma pequena introdução: no meu local de trabalho muitas vezes não sou levada a sério, ou porque me rio constantemente, ou porque nunca tenho um problema grave que envolva um semblante carregado, daqueles em que se unem as sobrancelhas e se esticam bem o bico...ou porque gosto de pregar partidas.)

 

Sendo assim: ia eu a passar pela zona onde fica o telefone central, o chamado PBX, quando vejo uma folha afixada onde se informava que ia haver um acção de formação no dia tal e tal, havia umas quantas linhas para se colocar o nome de quem queria ir, mas acontece que as linhas estavam em branco, um dia, dois dias, três dias, quatro dias...sempre em branco, vai daí pego numa caneta - penso isto não pode estar em branco - e escrevo Mª Albertina. Uma colega viu e rimo-nos as duas. E esqueci-me daquilo.

 

Hoje, fui chamada pela tal colega...sabes a professora responsável pela acção de formação foi-me perguntar quem era a funcionária MªAlbertina, que não a conhecia e que precisava de lhe dizer que a acção tinha sido cancelada. E o que disseste? Tive que lhe dizer que era brincadeirinha

 

 

Alice Alfazema

2 comentários

Comentar post