Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - Começar de novo

22.05.17, Alice Alfazema

Dois miúdos já grandotes aproximam-se do balcão, um traz um baldinho de granola e põe o dedo em riste:

- Dê-me aí uma colher.

, dê-me aí? Mas o que é isto... isto aqui não é a tasca da esquina, nem ouvi: bom-dia, se faz favor...

O que estava com ele segreda-lhe qualquer coisa ao ouvido e ele diz-me:

- Vamos começar do princípio?

- Então vamos lá...

- Bom dia, Dona Alicinha! Pode-me emprestar uma colher se faz favor?

 

 

 

Alice Alfazema

2 comentários

Comentar post