Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Como um rio

05.05.15, Alice Alfazema

Ilustração Barbara Brancher

 

Sempre permaneça aventureiro.

Por nenhum momento se esqueça de que

a vida pertence aos que investigam.

Ela não pertence ao estático;

Ela pertence ao que flui.

Nunca se torne um reservatório,

sempre permaneça um rio

 

Osho

 

 

Alice Alfazema