Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

À beirinha

20.01.15, Alice Alfazema

espuma.JPG

 

É lá que quero morar,

À beira-mar.

Onde o verde vira azul,

O azul bate na duna,

Para voltar

Branco de espuma.

 

É lá que quero morar,

À beira-mar.

Até ficar 

Com algas a ondular

Entre os cabelos,

Com pele de areia.

Até te chamar

Com voz de sereia.

 

Luísa Ducla Soares

 

 

Alice Alfazema

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post