Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Um pedaço do dia de ontem

08.07.18 | Alice Alfazema | ver comentários (4)
 Um pedaço de bolo colorido e fresco, que se come devagarinho, entre palavras e risos, há um cheiro de mar ao longe, são coisas boas, são pedaços de um dia para recordar. São reencontros, coisas doces e preguiçosas. Um moscatel dourado pelo sol que banha a Serra da (...)

Bom dia :)

05.07.18 | Alice Alfazema | ver comentários (1)
 Um dia, quando começa, parece igual aos outros. A mesma luz que entra pela janela, ruídos de obras e automóveis, vozes…  Mas o que nesse dia me falta é outra coisa: a tua voz, a surpresa de cada instante que me dás, uma luz diferente que não vem de fora, da mesma (...)

Um dia macio

04.07.18 | Alice Alfazema | comentar
 No conforto da cama,quem me chama, quem me chama?É o dia, é o dia,vem ouvir a nova melodiado pássaro que passae traça um arco azul no céu do meio-dia...No conforto do que ouço,quem me chama, quem me chama?É a noite, é a noite,vem ver o mágico céuabrindo seu (...)