Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Velhos sonhos

24.10.11, Alice Alfazema
      Velhos sonhos, que alguém sonhou, foram tantos, alguns desperdiçados; no pesadelo do medo. Foram sonhos que passaram, como a água que passa e jamais retorna.         Alice Alfazema