Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Meu bolo de morangos

17.04.17, Alice Alfazema
Aqui está o meu bolo de morangos, leve, levezinho, foi-se num instantinho. É vermelho, é encarnado, é branco, é rosa clarinho. É doce, mas tem toques de limão.          É assim o amor, a amizade e a vida, às vezes é doce outras tem toques de limão. São etapas, fases, luas, são jeitos de ser, são coisas banais, outras singulares, uns dias assim outros assado.      O meu amor tem lábios de silêncio e mãos de bailarina e voa como o vento e abraça-me onde a solidão (...)

Um baloiço no quintal

18.11.16, Alice Alfazema
  Ilustração Sergey Smirnov     Fico feliz que este blogue não seja uma página publicitária. Ele é para mim uma janela para colocar palavras, que podem ser em forma de poemas, imagens, contos, coisas que gosto, coisas que quero recordar. Quero estar à janela o tempo que me apetecer, deixar entrar o vento, o sol, a chuva, a noite e o dia. Já passaram mais de seis anos, não sei quantos mais hão-de passar. Muitas luas virão, mudarei os cortinados, lavarei a cara, servirei (...)