Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

7

07.03.21, Alice Alfazema

liberdade.jpg

Ilustração Irene Blasco

 

 

Vou entrançando
o traçado
do meu trajeto na escrita
 
Consulto os mapas da alma
o júbilo, a assombração
do coração a desdita
 
os atlas da insubmissão
as cartas dos oceanos
os versos, a alegoria
 
Vou navegando à bolina
por entre ventos contrários
e ondas enraivecidas
 
com a bússola da transgressão
os astrólogos dos dias
e as palavras da poesia
 
Vou atando e desatando
o destino e a desdita
misturando os nós dos mares
 
com o anelo da paixão
o alvoroço da vida
as dúvidas da harmonia
 
e a minha melancolia
 
 
 
 
Poema de Maria Teresa Horta

4 comentários

Comentar post