Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Frases de 74 in Politiquices

28.12.10, Alice Alfazema

 

 

Ao folhear um livro encontrei estas frases:

 

Mortos na vala comum

Ocupai o Panteão

 

Abaixo o Black & Decker

Viva a foice e o martelo.

 

Os três pastorinhos eram da CIA

(no muro da igreja)

 

Deus é parvo!

Parvo és tu!

Deus. (alguém acrescentou e assinou.)

 

Abaixo os ovos estrelados

os pintainhos têm direito a nascer...

 

Deixemo-nos de Barreirinhas,

vamos ao salto em altura!

 

O socialismo está em construção,

visite o andar modelo.

 

A Revolução é uma soda...

Fócrates.

 

in, Outras maneiras de contar a mesma história

 

 

Todas estas frases foram escritas nos muros após Abril 1974...

Após tantos anos, poderiam ser reescritas, e certamente que estariam validadas, em especial a última frase.