Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Bebedeira de qualidade a 5€

31.08.13, Alice Alfazema

A música no coreto, trombones e outros metais tocam com garra. O pessoal passeia e o dia termina. As luzes acendem-se e deixam antever o espectáculo de cores. Festeja-se o vinho. No coreto a música calou-se, amanhã há mais. Num outro palco, a miúda brasileira dança e canta com energia, a malta canta. Alguns agarradinhos à sua garrafa. As miúdas ficam cada vez mais desinibidas, abanam-se sem coreografia, e vai mais um golo. Aqui ninguém te pergunta se já tens idade para beber. Os miúdos mijam nos cantos recônditos das escadas. A música vibra. A malta canta. A malta bebe mais um golo. A música continua a vibrar, a malta vibra e canta, a malta bebe mais uma garrafa. Moscatel do bom, roxo. Fazem curvas rasantes e a música continua a vibrar e a malta a cantar. E a malta a beber.

 

- Bom-dia! Vomitaste bem?

 

Alice Alfazema

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.