Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

A idade da reforma

07.06.13, Alice Alfazema

 

A senhora levanta-se todos os dias bem cedo, prepara a sua refeição e leva-a para o trabalho. Tem quase setenta anos de idade. Conversadeira. Simpática. Pontual. No entanto o esquecimento trai-lhe a capacidade de discernimento. Ninguém lhe diz nada sobre esse assunto, e ela navega todos os dias naquele limbo.

 

Pergunto-me, quantos estarão em cargos nestas condições? Em que outros falam e actuam por eles, enquanto são simpáticos, pontuais e bem falantes.

 

Alice Alfazema

2 comentários

Comentar post