Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alfazema

27.09.10, Alice Alfazema

 

 

 


Alfazema,
Pelos jardins eu corro vindo
Pelos jardins eu corro rindo
E nas janelas vasos brancos de porcelana
Trazem mortas todas as rosas amarelas
Todas colheitas de outras eras
No longo curso...

Alfazema
Na primavera vem surgindo
Eu me levando a campos limpos
Me agasalhando nos caminhos
Onde alfazema fez sorriso
E fez descer no paraíso
todos os anjos e suas cestas
para as colheitas de alfazema.

Alfazema
Na primavera vem surgindo
pelos caminhos vou sorrindo
Nas janelas vasos brancos
Onde alfazema fez sorriso
E fez virar um paraíso
Todas colheitas de outras eras
Do longo curso de Alfazema.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.