Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Murmúrio

02.11.12, Alice Alfazema

 

 

Quando morrer 

poderei repousar 

em qualquer lugar.

De preferência longe da cidade, 

na savana africana,

onde um casal de felinos se deita ao luar,

ao som do murmúrio do vento.

 

 

Joaquina Soares




Alice Alfazema