Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Marilyn

15.08.12, Alice Alfazema

 

 

Se esta fotografia fosse tirada hoje esta linda rapariga estaria demasiado gorda, quem sabe até lhe fosse atribuída uma gravidez devido à proeminente barriguinha. As suas pernas seriam vistas como alvo para todos os tratamentos estéticos em voga e as revistas cor de rosa iriam persegui-la com tanto afinco que o seu destino provavelmente seria o mesmo. 

 

Nas divergências de género a mulher claramente que perde batalhas, no entanto, deixa-se ir tranquilamente, assumindo culpas que lhe são impostas, fazendo impossíveis para agradar, numa esperança inútil de felicidade.

 

 

 

 

Alice Alfazema