Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Meu rio, meu mar

30.11.19, Alice Alfazema

momento.JPG

 

Minha cidade
Meu rio
Meu mar

 

Troia.JPG


Pôr-do-sol de cores imperiais
Cheiros de maresia
Cheiros de areia fresca das cadeias do mar
Areia de beijinhos perdidos ao relento

 

os oceanos.JPG

 

Meu mar
Belos momentos a esquecer tormentos
E o sol a queimar
E o sol a sorrir de sonhos saudosos

 

jesus de nazaré.JPG


Deitados no mar com rendados de luz
Que o sol emprestou

 

Setúbal.JPG

 


Minha cidade
De rio e de mar
Riqueza assim
É inveja sem fim.

 

 

 

Carmen Dessa, in Em mim e em outros lugares

 

 

Alicinha Contina hoje não foi à escola!

29.11.19, Alice Alfazema

pastilha.jpg

 

Alicinha Contina hoje não foi à escola, é sexta-feira e aproveitou a greve do pessoal não docente para fazer um fim-de-semana grande e como é dia de  Black Friday, vai aproveitar e gastar o seu salário mínimo em grandes compras, procura essencialmente um abafador de som, comprimidos para as dores ou pomadas, ou até consultas de fisioterapia ou afins em pacotes de desconto. 

 

 

pastilha1.jpg

 

A Alicinha tem um emprego para a vida, com um aumento salarial também para a vida, porque a Alicinha só será aumentada perto da reforma, isto se chegar lá. Alicinha lavará sanitas de andarilho, e deixará os meninos andarem uma voltinha na sua  Stannah Mini, claro que a Alicinha não se sente explorada quando ganha uma miséria, afinal limpar não custa nada, qualquer um pode fazê-lo.

 

 

pastilha2.jpg

 

O trabalho da Alicinha é rotineiro, passa o dia a abrir carcaças e a por fiambre no pão, a gritar com os meninos e a lavar o chão. Só trabalha 35 horas semanais, afinal o que ela quer mais!? Pastilhas para a tosse. 

 

 

 

Pág. 1/11