Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Feliz 2019!

31.12.18, Alice Alfazema

 

Ilustração  Anna Gensler 

 

 

 

Estamos nos finalmentes, e aguardamos esperançados pelo Ano-Novo: 2019! Queremos sentir na pele aquele formigueiro da novidade. Que ele seja repleto de criatividade, cor e alegria. Muita saúde, amigos e oportunidades de sucesso! Que ele contenha também resilência, sentido crítico, consciência ecológica e inteligência emocional. Que o vosso coração vibre de milhentas emoções neste ano novo que se avizinha.

 

Desejo-vos um excelente 2019!

 

Postal ilustrado - 2019

30.12.18, Alice Alfazema

 

Ilustração Mar Azabal

 

 

É esta a completude dos dias

Quando se reúnem sobre a cidade

Os sossegos da nossa idade já meiga.

São estas as palavras que ficam

Desde o interior do nosso mais antigo nome.

 

É o inverno aberto de janeiro

Com as árvores despidas e o frio azul,

É o ano que começa no tempo que é nada,

Os bolsos que se enchem de mãos,

As casas que parecem mais juntas.

 

Por esta altura estarão a nascer

As horas mais felizes das nossas vidas

- bebemos chá escutando o lume

E amanhã será um dia a menos,

Um outro som acrescentando à voz,

Um abraço fechando-se até ao amor.

 

 

 

Poema Vasco Gato

#ExpressionOfHope

29.12.18, Alice Alfazema

a_luz_torna_se_tu.jpg

 

 

Quando me diagnosticaram a doença de Pompe, o terreno do meu futuro escureceu temporariamente. Rapidamente aprendi a navegar a vida um dia de cada vez e a ultrapassar os desafios físicos e as incertezas, ao entregar-me plenamente ao presente. De repente, os detalhes supérfluos da vida ou as preocupações ficaram à margem e a minha vida manteve uma certa clareza: do que nada importa mais do que fazer a diferença no mundo.

 

Ilustração e texto Rebecca Brooks

 

 

É a esperança que serve de guia para o Expression of Hope, uma iniciativa que tem o objetivo de sensibilizar para as Doenças Lisossomais de Sobrecarga (DLS). Através da arte, uma linguagem universal que comunica o que por vezes nem as palavras conseguem, o desafio foi lançado e aceite por aqueles que, afetados por estas doenças genéticas raras, criaram uma obra de arte original que reflete como se vive com uma DLS. Com o apoio de Associações de doentes de todo o mundo, esta iniciativa criada em 2006, apresenta agora a sua terceira edição, onde 25 artistas partilham as suas histórias, incertezas, dificuldades e sobretudo a esperança.

 

Em Portugal, Expression of Hope, conta com o apoio da Aliança Portuguesa de Associações de Doenças Raras.

 

Para ver a exposição clique Expression of Hope

 

 

Por cada partilha estará a contribuir com 0,50€ para a Aliança Portuguesa das Doenças Raras. Selecione a sua obra favorita e envie uma mensagem de esperança a quem mais necessita, partilhando-a nas suas redes sociais com #ExpressionOfHope. 

 
logo

 

Pág. 1/11