Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

2016

31.12.15, Alice Alfazema

fisalis.JPG

 

Certa vez, permitiu-se que um rabino muito justo visitasse o Purgatório e o Paraíso. Primeiro, foi levado ao Purgatório, de onde vinham os gritos mais horrendos dos rostos mais angustiados que já vira. As pessoas encontravam-se sentadas em torno de uma grande mesa, sobre a qual estava a comida mais deliciosa que se possa imaginar, com a prataria e louça maravilhosa que jamais existiram. Não compreendendo porque sofriam tanto, o rabino prestou mais atenção e viu  que os cotovelos de todos estavam invertidos, de forma que não podiam dobrar os braços e levar as iguarias à boca.

 

O rabino foi então levado ao Paraíso, de onde vinham altas gargalhadas e reinava um clima de festa. Porém, para sua surpresa, encontrou todos sentados à mesma mesa que vira no Purgatório, com a mesma comida, tudo igual - incluindo os cotovelos invertidos -, apenas com um detalhe adicional: cada pessoa levava a comida à boca da outra. 

 

 

Feliz 2016!

 

 

Alice Alfazema

 

 

4 comentários

Comentar post