Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Roupa de ninguém

04.12.12 | Alice Alfazema

Dezembro de 2012. Os casacos amontoam-se, mais os ténis, as blusas e outros haveres. Ninguém os vem buscar, ninguém pergunta por eles. Não sei o que dizem em casa, ou se lhes perguntam pelas roupas, ou se têm demasiado que nem consigam dar pelo que lhes falta. O ano passado foram mais de uma dezena de sacos enormes - cheiinhos que foram para carenciados. 

 


Alice Alfazema

Uma pergunta por dia: As emoções são o principal alimento humano?

02.12.12 | Alice Alfazema

 

Toda a candura

da nossa vida

se resumia

naquela flor

 

Teria pétalas?

Tinha-as, talvez.

Mas, não havia

naquela flor

p´ra nossos olhos

senão a cor.

 

Vinha do mato.

Vinha colhida

por mãos de Poeta.

Vinha beijada

pelos meus lábios

de Namorado.

 

Perfume, tinha-o.

(Seria Perfume?

Quem sabe lá

se era perfume

se era a exata

rara expressão

de quanto penso

da tua alma?)

Flor peregrina.

Flor destinada

desde a raiz

a pôr candura

na nossa vida.

Virá Agosto,

Virá Setembro...

 

Flor conservada

dentro de nós

p´ra que em Janeiro

surja do mato.

 



Sebastião da Gama

 

 

Uma pergunta por dia até ao final do ano, quem quiser responder esteja à vontade.



Alice Alfazema


1º de Dezembro de 2012

01.12.12 | Alice Alfazema

Não me digam mais nada senão morro
Aqui neste lugar junto de mim
Lugar de onde sou e de onde moro
Que o lugar de que sou é estar aqui
Aqui ninguém me diz quando me vendo
A não ser os que eu amo os que eu entendo
Aqui ninguém me põe a pata em cima
Porque é de baixo que vem acima
A força do lugar que for o meu
Não me digam mais nada senão falo
E eu não posso falar eu estou de pé
De pé como um poeta ou um cavalo
Mas de pé como deve estar quem é


José Carlos Ary dos Santos


Alice Alfazema

Uma pergunta por dia: Já provaram feijoada sem carne?

01.12.12 | Alice Alfazema

A Maria Tofu mandou-me uma receita da feijoada sem carne, aproveito e partilho convosco. Neste tempo em que temos de nos reinventar, poderemos revolucionar tudo. Aproveitem e usem ao máximo a vossa criatividade. Quem sabe não se surpreendam e encontrem motivos para outras emoções que vos tragam alegria e positivismo.  

 

 

 

 

Ingredientes:


         Feijão manteiga cozido
         Macarrão cozido
         Cenouras
         Nabo
         Abóbora
         Couve coração
         Cebola
         Salsa
         Alho
         Cominhos
         Pimentão doce

         Hortelã
         Azeite
         Sal

Deitam-se num tacho os legumes cortados e os temperos picados, rega-se com o azeite. Depois de cozidos junta-se-lhes o feijão e as massas. Envolve-se tudo e fica apurar, no final deita-se-lhe a hortelã.  
Para acompanhar uma salada de alface rocha e um bom tinto português.

 


Uma pergunta por dia até ao final do ano, quem quiser responder esteja à vontade.


 

Alice Alfazema

Pág. 6/6