Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

♥ em férias

14.07.12, Alice Alfazema

 

 

Alguém me disse: este ano vamos passar as férias como quando tínhamos 18 anos: com pouco dinheiro, muita diversão e muita paixão. Aproveito para seguir este dica, pois no fundo é o que tenho feito desde sempre.

 

Para quem se sinta deprimido, deixo uma mensagem: olhe à sua volta, sinta o Sol, viva os amigos, aproveite o lado bom da vida, no fundo o outro é uma opção. Não alimente rancores, não perca tempo com as ideias negativas, aprenda. Aprender é uma arte, toda a gente tem esse dom. Faça aquilo que julga não ter coragem, mas que gostaria de experimentar. Namore, namore muito. Abrace, abrace muito. Diga às pessoas de quem gosta que gosta delas e da sua companhia, diga aos seus filhos, aos seus pais, à sua mulher, ao seu marido, a quer quiser. Mude de atitude. Esse é o primeiro passo, e para começar ele é essencial. A vida constrói-se todos os dias, não desperdice um. 

 

Boas férias.

 

Um Abraço.

 

 

 

Alice Alfazema

O balde

13.07.12, Alice Alfazema

 

 

O mais importante na vida 
É ser-se criador — criar beleza.

 

Para isso, 
É necessário pressenti-la 
Aonde os nossos olhos não a virem

 

Eu creio que sonhar o impossível 
É como que ouvir a voz de alguma coisa 
Que pede existência e que nos chama de longe.

 

Sim, o mais importante na vida 
Ê ser-se criador.

 

 

António Botto

 

 

Alice Alfazema

As vacas que bebem vinho são mais felizes e têm a carne mais saborosa

11.07.12, Alice Alfazema

 

"Criadores de gado de Lunel-viel (França) desenvolveram uma nova técnica que consiste em dar vinhos às vacas para além da sua alimentação tradicional. A carne chama-se 'Vibovin' e promete fazer sucesso entre os restaurantes parisienses.

Jean-Charles Tastavy, o autor da ideia, afirmou que as vacas estavam visivelmente mais felizes e que a carne é bem mais suculenta, ao jornal britânico The Telegraph. 


"Para cada animal, a ingestão de álcool deve ser equivalente à quantidade recomendada pelas autoridades de saúde para um homem - ou seja, dois ou três copos de vinho por dia, no caso das vacas , isso equivale a entre um litro e um litro e meio por dia" , disse Tastavy.


Laurent Pourcel, um chef com uma estrela Michelin está entre os entusiastas desta carne de luxo. "Ela tem uma textura muito especial - bonita, marmorizada e tenra e que carameliza durante a confeção. Todos os melhores restaurantes parisienses a vão querer.", afirmou."

Noticia do DN 

 

 

Faz-me pensar que...

 

* As nossas vacas são infelizes?

 

* Poderíamos ser lideres de exportação de vinho se conseguíssemos ter como clientes os bovinos existentes no mundo.

 

* O excedente de vinho poderá substituir parte da água que as vacas bebem.

 

* Qual o sabor do leite de uma vaca alcoólica? Terá um leite com propriedades calmantes?

 

* Se as vacas estão mais felizes porque bebem vinho, então troque-se os antidepressivos por tintol.

 

 

 

 

Alice Alfazema