Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Liberdade humana

02
Mai11

 

 

 

Assim é a liberdade humana que todos os homens se gabam de possuir e que consiste unicamente no facto de os homens terem consciência dos seus desejos e ignorarem as causas que os determinam. Uma criança julga desejar livremente o leite...Um ébrio julga dizer, por decisão sua, aquilo que, quando voltar a estar sóbrio, queria ter calado.(...) E no entanto a experiência ensina que se há coisas de que os homens são pouco capazes é de controlar os seus desejos. De facto, mesmo constatando que, perante dois desejos contrários, vêem o melhor e executam o pior, continuam, entretanto, a acreditar que são livres(...).

 

 

Baruch Espinosa 

Pág. 8/8