Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O anjo zarolho

31.01.12, Alice Alfazema

 

 

O anjo zarolho é um marotão, pisca o olho às freiras e repenica-lhes beijinhos. Olha para os pombos com carinho, como quem quer ter asas a sério e poder voar. Sair desse azulejo perturbador, frio e azul. Já viu maçons, bispos e vagabundos; romances mal acabados; sol e chuva; vento e trovoada; por ele já tudo passou, anos e anos... É gorduchinho e tem ar de quem quer contar mais histórias, podem vê-lo em qualquer convento, basta olhar para o seu ar.

 

 

 

 

 

 

Alice Alfazema

2 comentários

Comentar post