Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Coentros

29.12.11, Alice Alfazema

 

 

As pequenas preciosidades estão onde menos se espera, para onde não se olha, naquilo que parece não ter valor. Neste recanto do jardim, onde o terreno parece baldio, mas onde os coentros nascem, para dar sabor e energia, à comida que se quer deliciosa. Juntos convivem com os trevos e a hortelã, e talvez um raminho de salsa...harmonia.

 

 

 

 

 

 

 

Alice Alfazema