Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Produtos de Portugal (22)

08.12.11, Alice Alfazema

 

 

 

 

O Licor Beirão é um licor típico de Portugal.

 

A sua produção teve início no século XIX, na vila da Lousã, na sua composição contem diversas plantas, entre as quais:

o eucalipto, a canela, o alecrim e a alfazema, e ainda,  sementes aromáticas, submetidas a um processo de dupla destilação.

O produto assim obtido apresenta uma tonalidade de topázio transparente, de sabor doce.

É normalmente consumido como digestivo, simples ou com gelo.

 

História:

 

A bebida, ainda sem o apelido que a caracterizaria, nasceu na vila da Lousã no século XIX.

De acordo com a tradição, um caixeiro-viajante do Porto, de passagem pela vila para a venda de vinho do Porto, apaixonou-se pela filha de um farmacêutico local, e com ela se casou, ali se estabelecendo. A farmácia de seu sogro vendia, além dos remédios habituais, licores preparados com ingredientes naturais, segundo receitas ancestrais e secretas.

Com a entrada em vigor, no país, de uma lei que proibia a atribuição de efeitos medicinais a bebidas alcoólicas, o jovem caixeiro decidiu montar uma fábrica em separado, onde veio a desenvolver os processos artesanais do sogro.

Em 1929 teve lugar em Castelo Branco, capital da então Beira Baixa, o Congresso Beirão, e este licor foi assim batizado para celebrar esse evento.

Em 1940, devido às dificuldades impostas pela Segunda Guerra Mundial, a fábrica e a receita secreta foram adquiridas pelo jovem José Carranca Redondo, natural da Lousã, que nelas investiu as suas economias, passando a dedicar-se inteiramente ao negócio. A produção do licor passou a estar a cargo da esposa deste e, desde então, o licor tornou-se um dos mais populares do país, sendo hoje consumido por todas as gerações.

 

 

 

Ver mais: Licor Beirão

 

 

 

 

 

 

Saúde e muita criatividade!TinchimTinchim

 

 

 

 

 

 

Alice Alfazema

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.