Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Perfume...

17.08.10, Alice Alfazema

 

 

 

Mudo

 

 

 

Encontrei-me no deserto
Fui tão longe e tu aqui tão perto
Conto as horas para te dizer
Que de repente fiquei tão diferente
Mudo, Mudo, Mudo.

 

Digo nada, sei de tudo
Sou como o tempo eu
Mudo, mudo, mudo
Experimento as palavras leva-as
O vento eu
Mudo, mudo, mudo

 

Dei a volta
devagar vi o mundo
E não saí do lugar
Tenho de agir
E deixar de pensar
Que há mistério
Que é tudo tão sério
Mudo, mudo, mudo

 

Digo nada, sei de tudo
Sou como o tempo eu
Mudo, mudo
Experimento as palavras leva-as
O vento eu
Mudo, mudo, mudo

 

Digo nada, sei de tudo
Sou como o tempo eu
Mudo, mudo, mudo
Este momento as palavras leva-as
O vento eu
Mudo, mudo, mudo