Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Quanto vale a carga horária escolar? O preço da Infância.

16.09.11, Alice Alfazema

 

A infância, esse tempo longínquo, mas que volta sempre quando dele precisamos.

 

Hoje aprender tem um novo sentido, há quem pense que só se aprende na escola ou por meio de matérias escolares, então e a brincadeira? O que aprendemos, todos nós que já passámos pela infância, a brincar? Aprendemos a trabalhar em equipa, a valorizar e a fortalecer amizades, a resolver conflitos, a tomar decisões, a aplicar o autoconhecimento, a desenvolver a auto estima e entre outras coisas a ser autónomo.

 

Os centros escolares de apoio ao estudo são sem dúvida uma grande ajuda para os pais, mas e para os filhos? Atenderam-me com simpatia, as salas limpas e arrumadas, tudo tão bonitinho, frases sobre educação pairavam nas paredes, mas, e este mas,é que é para mim importante, não se preocupe...aqui é para trabalhar a sério, eles estão aqui para resolver as suas duvidas e estudar. E não fazem outras actividades? Sim, mas nas férias, nas férias é só brincadeira....Assim a carga horária dela fica maior que a minha, vai passar o dia todo com actividade escolar, satura. ...?

 

Parece-me que a outra pessoa não entende o que digo, eu só queria um espaço onde a brincadeira também pudessse fazer parte do estudo, quando é que os miúdos vão poder brincar, quando forem adultos?

 

 

 

 

Alice Alfazema

4 comentários

Comentar post