Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Festa das vindimas 2011- Palmela

28.08.11, Alice Alfazema

 

 

 

O final do Verão (se é que este ano tivemos Verão) aproxima-se, com ele, Setembro faz-nos companhia e, eis que por aí  ainda abundam festas e festivais, que de um modo ou outro festejam a vida e a alegria. Este é um convite a festejar o vinho e as vindimas, onde o trabalho de um ano se transforma em delicioso néctar.

 

Provem o moscatel e lembrem-se que na sua composição existe o Sol de Verão, o frio do Inverno, a nostalgia do Outono e a alegria da Primavera, provem-no e desfrutem disso tudo, do labor de quem o cultivou, podou, cuidou, colheu e o transformou. Alegrem-se com a música, com o céu, com o frio de Palmela e com a sua energia que paira pelas ruas desta vila antiga, mas lembrem-se igualmente que beber sem apreciar o sabor daquilo que se bebe é para além de tudo uma estupidez paranóica e viciante que mata neurónios e vida.

 

 

 

Programa de festas:

Festa das vindimas 2011

 

 

 

Alice Alfazema

4 comentários

Comentar post