Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Daqui e dali...

11.07.10, Alice Alfazema

"A marca da nossa ignorância é a profundidade da nossa crença na injustiça e na tragédia.

Àquilo que a lagarta chama o fim do mundo, o Mestre chama a borboleta."

Richard Bach

 

 

 

"Tem-me feito bem ser, de algum modo crestado pelo calor e encharcado pela chuva da vida."

Henry Wadsworth Longfellow

 

"Como seres humanos, a nossa grandeza não reside tanto em sermos capazes de refazer o mundo [...] quanto em sermos capazes de nos refazermos a nós próprios."

 

Mahatma Gandhi