Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

O Discurso é o sistema imunitário da Humanidade?

Janeiro 20, 2018

Alice Alfazema

 

 

O futuro da Humanidade é a luta entre seres humanos que controlam as máquinas e as máquinas que controlam seres humanos.

 

 

 

A Internet representou uma espécie de revolução na nossa capacidade de nos educarmos uns aos outros, facto que originou uma verdadeira explosão democrática e abalou o núcleo dos poderes instituídos. Uma das consequências dessa explosão foi o florescimento de super Estados Digitais como a Google, o Facebook e os seus equivalentes chineses, que se integraram na Ordem existente e passaram a exercer controlo absoluto sobre o discurso e a informação. Não se trata de uma simples acção correctiva. A persuasão oculta exercida de modo intensivo por instrumentos controlados pela Inteligência Artificial representa hoje uma séria ameaça à própria existência da Humanidade.

 

 

 

Embora ainda na sua infância, a natureza geométrica desta tendência é evidente. Este fenómeno difere dos métodos tradicionalmente usados para influenciar e manipular a Cultura ou a Política, uma vez que opera a uma escala e a uma velocidade inéditas, fazendo uso crescente de métodos subliminares capazes de ultrapassar qualquer tentativa de resistência humana.

 

 

A guerra nuclear, as alterações climáticas ou as pandemias globais, são ameaças reais sobre as quais devemos reflectir e falar. O Discurso é o sistema imunitário da Humanidade e aquilo que a pode defender das ameaças à sua sobrevivência. As doenças que afectam esse sistema imunitário são, normalmente, fatais. Neste caso, a uma escala planetária.

 

 

Julian Assange

 

 

 

As ilustrações são de Animal Crew

 

 

Texto retirado do blogue Aventar

 

 

 

 

Alice Alfazema

Sabem qual é a diferença entre ser sincero e ser franco?

Junho 28, 2017

Alice Alfazema

O Salvador Sobral foi franco, na questão do peido, ficou mal? Ficou, mas o rapaz é assim, diz o que pensa, sem pensar no que diz. Não se ofendam, há quem diga que o peido é uma nota musical, que sai do cu e cheira mal. Os gases fazem parte da vida, descontraiam. Ommmmmmmmmm..Ommmmmmmmm...Ommmmmmmmmm...

 

Alice Alfazema

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

O meu cão é um amor

Posts destacados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D