Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Coisas do nosso tempo - Com as pessoas demonstram tristeza e pesar pelos incêndios e mortes que houve nos últimos dias?

Outubro 18, 2017

Alice Alfazema

As pessoas colocam a fita negra que simboliza o luto, porque o país está de luto, na sua foto de perfil, numa qualquer rede social, mas a fotografia que exibem de si é aquela em que aparecem mais airosas e felizes, num qualquer sítio de férias.

 

 

Alice Alfazema

Cheiro

Agosto 12, 2017

Alice Alfazema

 

Ilustração Andrea Rivola

 

Acordei com um horrível cheiro a queimado, abri a janela e lá fora havia fumo e cheiro de árvores mortas, detesto este cheiro a morte. Por todos os jornais existem notícias dos incêndios que assolam o país. Dizem que são consequência da seca severa da qual somos vitimas. Depois há os que referem que mãos criminosas divertem-se a atear fogos. E os que falam das consequências das alterações climáticas. E os que falam sobre os números da economia que beneficia disto e os outros que referem aqueles que têm perdas com isto. E há também os que reflectem sobre o que poderíamos fazer para alterar toda esta situação. Todos os anos é assim. Muito se fala, muito se escreve, nada se faz. Detesto este cheiro a morte.

 

 

Alice Alfazema

O pinheiro

Agosto 29, 2013

Alice Alfazema

A aranha subiu o tronco seco e nodoso do velho pinheiro. Lá em cima um ninho, quatro ovos lá dentro. O formigueiro junto às raízes fervilhava de movimento, as provisões para o Inverno eram levadas a um ritmo estonteante. Uma cobra deslizou pelo tronco velho e veio aninhar-se nas raízes que sobressaiam da terra. No dia seguinte apenas cinzas.

 

Alice Alfazema

Ausências

Agosto 29, 2013

Alice Alfazema

Mais um bombeiro morreu, neste verão de 2013, desta vez uma mulher, com apenas vinte e um anos. Todos os anos a história dos incendiários e dos incêndios se repete, todos os anos as mesmas lamurias, sobre a prevenção, a limpeza das matas. Todos os anos há uma ausência de responsabilidades pela parte daqueles que recebem para tal. 

 

Alice Alfazema

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

O meu cão é um amor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D