Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Conversas da escola - 8 h

Entro na escola, são oito horas da manhã, vou para o bufete. Lá dentro tenho um balcão, na frente desse balcão existe uma grade rendilhada, quem está do lado de fora não me vê, enquanto eu vejo tudo o que se passa nesse lado. No lado de fora estão mesas e cadeiras é o espaço polivalente. Nessa hora estão muitos miúdos sentados nelas, umas vezes nas cadeiras outras nas mesas. As cadeiras dançam, são arrastadas, saem de um lado para outro, num vai-e-vem de brincadeira. Abro a porta do meu esconderijo, eles olham para mim, digo alto e a bom som:

- Não estamos em Torremolinos!

Ninguém responde, e as mãos começam a arrumar as cadeiras. Fecho a porta e dá-me vontade de rir. Rio. Gosto de rir sozinha. 

 

 

Alice Alfazema

Porque não ficas admirada com esta notícia Alicinha Contina?

Uma fonte da polícia em Torremolinos disse à agência noticiosa EFE que nos últimos dois dias as autoridades tiveram de atuar em várias ocasiões no Hotel Pueblo Camino Real, perto da cidade de Málaga, onde estavam instalados os jovens portugueses.

A polícia diz que um grupo de cerca de 1.200 estudantes portugueses entre 14-17 anos causou estragos nos quartos na ordem dos 50 mil euros.

O hotel confirmou o incidente, mas recusou-se a comentar.

 

 

Porque não ficas admirada com esta notícia Alicinha Contina?

 

 

 

O dirigente da CONFAP alertou também para os riscos de fazer uma generalização do comportamento dos cerca de mil estudantes portugueses que regressaram a Portugal este fim-de-semana após alegados desacatos num hotel em que se encontravam em Espanha.

“Tanto quanto sabemos, terá sido uma dezena de jovens a ter comportamentos reprováveis”, afirmou Jorge Ascensão, convidando toda a sociedade a refletir sobre o modelo educativo em que assenta hoje a escola.

Na sua opinião, o modelo de educação está demasiado centrado “nas classificações e no acesso ao ensino superior”, pelo que se impõe uma discussão sobre valores e limites que os alunos devem ter quando não estão nas aulas.

 

 

Porque não ficas admirada com esta notícia Alicinha Contina?

 

Sei lá!

 

Alice Alfazema

Conversas da escola - Assumir os erros

- Contina, preciso de falar consigo em particular.

- ...

- Sabe...eu ontem não agi bem, quero que me desculpe(...)

- Está bem, estás desculpada...

- Perdoa-me?

- Sim...eu gostei muito desta tua atitude, de vires pedir desculpa(...)

- Pois, temos que saber assumir os nossos erros.

 

 

 

Alice Alfazema

Entre o futuro e o presente, eis-me aqui.

Ilustração Clélia Nguyen

 

Hoje, vou deixar aqui um texto argumentativo, escrito pela minha filha, trabalho esse que foi feito na disciplina de português, ela tem treze anos. Os temas eram sobre o respeito entre os pais e os filhos, a influência dos pais nas escolhas dos filhos e os papéis do homem e da mulher. Este texto é importante para mim. Ela perguntou-me se eu o queria colocar aqui. Sim.  

 

Eu escolhi todos os temas, pois penso que todos são importantes para uma boa relação de família.

 

Em primeiro lugar, queria referir sobre a influência dos pais nas escolhas dos filhos, quer sejam escolhas profissionais ou pessoais. Sobre isto tenho a dizer que é importante os filhos saberem as opiniões dos pais. Sendo assim, também é importante os pais saberem as opiniões dos filhos para as suas opções de vida. Há casos em que as escolhas são decerto as piores. Aí é necessário e importante a intervenção dos pais, mas noutros casos, em que as escolhas são boas, os progenitores devem dar apoio aos seus filhos, mesmo que fiquem desiludidos.

 

Em segundo lugar, queria expressar-me sobre o respeito para com os pais. Neste assunto tenho a dizer que é dever dos filhos respeitá-los, pois foram eles que nos criaram, ajudaram-nos quando mais precisávamos e muitas outras coisas infindáveis. Com isto, percebemos que se houver respeito existem famílias felizes, onde podemos contar sempre com um sorriso.

 

Por último, gostaria de referir os papéis do homem e da mulher. Do meu ponto de vista, na maior parte das famílias, já estão divididas as tarefas, tanto pela mulher como pelo homem, mas claro que as mulheres trabalham sempre um pouco mais do que o homem. Parece-me que o homem conseguiu evoluir nas tecnologias e também conseguiu evoluir na lida da casa.

 

Concluindo, gostaria de acrescentar que todos estes aspetos são importantes para uma boa relação de família. Nas famílias é preciso ajudar, apoiar e respeitar.

 

Espero que todos tenham a sorte de ter uma família assim, como a minha família!

 

Fevereiro de 2015

 

 

 

 

 

Alice Alfazema

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu aqui por este mundo acima da Terra

foto do autor

Mensagens

No cabeçalho, pintura de Hiroe Sasaki.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D