Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Follow friday - Pimenta e ouro

A maior dificuldade em contar esta história, dificuldade que eu não sei ultrapassar, é a imensidão inimaginável, para nós, da dimensão do tempo:

estamos programados para imaginar meses, anos e décadas já com esforço, o resto ultrapassa-nos.

Fico-me por aqui,  o meu desígnio para vencer esta solidão cósmica, foi procurar que a sociedade fosse mais justa. Falhei mas está  cumprido, agora são as novas gerações que têm que dar sentido às suas vidas.

Para repouso final gostava de poder recolher-me  numa estrela.

 

 

Do blogue Pimenta e Ouro, um blogue que nos faz pensar na vida e no que somos neste pequeno canto do cosmos. 

 

 

 

Alice Alfazema

Amar

olha.jpg

 

 

O meu olhar é nítido como um girassol.

Tenho o costume de andar pelas estradas

Olhando para a direita e para a esquerda,

E de vez em quando olhando para trás...

E o que vejo a cada momento

É aquilo que nunca antes eu tinha visto,

E eu sei dar por isso muito bem...

Sei ter o pasmo essencial

Que tem uma criança se, ao nascer,

Reparasse que nascera deveras...

Sinto-me nascido a cada momento

Para a eterna novidade do Mundo...

 

 

Creio no Mundo como num malmequer,

Porque o vejo. Mas não penso nele

Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele

(Pensar é estar doente dos olhos)

Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo…

 

 

 

 

 

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...

Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,

Mas porque a amo, e amo-a por isso,

Porque quem ama nunca sabe o que ama

Nem sabe porque ama, nem o que é amar...

 

 

 

 

Amar é a eterna inocência,

E a única inocência é não pensar...

 

 

 

 

 
 

In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa. 

 
 
 
 
 
Alice Alfazema

Qual bruxo de Fafe? É mas é logo bruxos internacionais!

O General da Guiné-Bissau, Armando Nhaga, reagiu às acusações do diretor de comunicação do FC Porto de práticas de bruxaria a favor do Benfica e revelou que o clube da Luz rejeitou assinar um contrato para obter êxitos desportivos através de um feiticeiro guineense.

 

Ver noticia completa aqui. Aproveitem e divirtam-se a ler os comentários.

 

 

 

Alice Alfazema

Pág. 1/11

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu aqui por este mundo acima da Terra

foto do autor

Mensagens

No cabeçalho, pintura de Hiroe Sasaki.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D