Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Envelheçamos

oliveiras velhas.JPG

 

Envelheçamos como se a seara

Que plantamos no nosso dia-a-dia

Frutificasse como jóia rara

E rebentasse em cachos de harmonia!

 

telheiro.JPG

 

 

Envelheçamos...como se o Oceano

Fosse a terra lavrada da colheita

E que, embebidos de calor humano,

Todos colhessem a porção perfeita!

 

picos.JPG

 

 

Ah! Tocar as nuvens...e nas mãos retê-las

Como flocos de paz...e mansamente,

Espalhar no universo, oferecê-las...

 

arvore.JPG

 

Com a esperança, ao mundo, de presente!

Envelheçamos...semeando estrelas

De amor, no céu da alma de toda a gente!

 

 

Luíza Frasson

 

 

Alice Alfazema

Pág. 1/9