Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alice Alfazema

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Recortes do quotidiano: do meu, do teu, do seu, e dos outros.

Dez réis de esperança

 

Ilustração Vladimir Kush

 

Tu que tens dez réis de esperança e de amor
grita bem alto que queres viver.
Compra pão e vinho, mas rouba uma flor.
Tudo o que é belo não é de vender
Não vendem ondas do mar
nem brisa ou estrelas, sol ou lua-cheia
Não vendem moças de amar
nem certas janelas em dunas de areia.

Canta, canta como uma ave ou um rio
Dá o teu braço aos que querem sonhar
Quem trouxer mãos livres ou um assobio,
nem é preciso que saiba cantar.

Tu que crês num mundo maior e melhor
grita bem alto que o céu está aqui.
Tu que vês irmãos, só irmãos em redor,
Crê que esse mundo começa por ti.
Traz uma viola, um poema,
um passo de dança, um sonho maduro.
Canta glosando este tema,
Em cada criança há um homem puro.

Canta, canta como uma ave ou um rio
Dá o teu braço aos que querem sonhar
Quem trouxer mãos livres ou um assobio,
nem é preciso que saiba cantar.

 

Leonel Neves

 

 

{#emotions_dlg.blueflower}

 

Alice Alfazema

Ano_Novo_2014_-_-_-_-

 

 

 

Às vezes não sabemos porque nos escondemos dos outros, porque nos isolamos, pensamos que somos frágeis aos olhos daqueles que admiramos. Saberíamos nós subir às árvores sem tropeçar? Sem levar um arranhão na pele? O que sabemos dos arranhões dos outros? Que se curam, tal como os nossos. Eu queria ser um gato e subir sem me arranhar, utilizar as garras e pular descaradamente de ramo em ramo, e ali ficar sem ninguém me chatear, ficar no silêncio do Sol ou da Lua e desfrutar deste mundo louco, sem relógio nem tempo. 

 

Feliz 2014!

 

Alice Alfazema

 

Uma pergunta por dia: A escravatura está na moda?

 

 

 

 

Ilustração Joyce Schellkens  

 

 

O escravo existiu sempre e hoje existe. O escravo não tem nenhum direito, tem direito a viver e a trabalhar. Não tem nada mesmo. ‘Escravatura’ é uma palavra feia mas está na moda. Agora que já fui vítima, percebi o que é ser escravo. Hoje pratica-se escravatura em todo o mundo, pratica-se escravatura dos velhos tempos.

 

Dario

 

 

 

"Porque a verdade é que quem acaba por ser sancionado é “o fim da linha, a entidade que contratou os trabalhadores”. “Isto é, quem lucra com o negócio, quem esmaga o custo do trabalho não é sancionado. Quem lucra com a situação? As grandes agro-indústrias, que têm o preço mais barato; o dono agrícola da herdade ou da indústria, que consegue ter mais-valias porque o custo do trabalho é mais reduzido; o primeiro subempreiteiro porque com o que paga a quem contrata ganha algum dinheiro; nós, consumidores, que compramos a preços mais módicos e ficamos todos satisfeitos. E o problema só existe para o trabalhador. Enquanto não alterarmos isto em todo o espaço da União Europeia, andamos a lutar contra moinhos de vento.”  

 

Quantos quilos de azeitona apanhava por dia, Dario não se lembra. Assim como não se lembra do nome da herdade para a qual o patrão prestava serviços. Ia e vinha para os terrenos sem saber quem, no fundo, iria usar as azeitonas que passaram pelas suas mãos."

 

Texto retirado do jornal Público.

 

 

 Uma pergunta por dia até ao final do ano, quem quiser responder esteja à vontade.

 

 

 Alice Alfazema

Lixo

 

 

Quando um trabalhador especializado luta por dignidade no seu emprego é visto como aceitável e dignificante, quando um trabalhador que mexe na merda dos outros, que limpa essa mesma merda, luta pela sua dignidade salarial, já de si precária e inglória é visto como um "não quer fazer nada" e mais isto e aquilo, portanto pior que merda. Mas ainda assim podemos olhar para as ruas de Lisboa e verificar quem faz falta e ganha tão pouco em relação a especialistas do dia-a-dia.

 

Alice Alfazema

Pág. 1/10

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Eu aqui por este mundo acima da Terra

foto do autor

Mensagens

No cabeçalho, pintura de Hiroe Sasaki.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D